Qual o dígito da agência do Bradesco?

Muitas vezes, quando realizar uma transação bancária como o TED ou o DOC, é necessário fornecer alguns dados sobre um destino e o próprio destinatário, mas nem sempre sabemos esses códigos. Por isso, este texto será abordado sobre qual é o dígito da agência Banco Bradesco, assim como um pouco da história dessa instituição bancária.

História da agência Banco Bradesco

O Banco Brasileiro de Descontos SA (sigla BRADESCO) foi fundado em 1943, em Marília, com um grande diferencial de outros bancos da época: enquanto outras instituições bancárias se preocupavam em atender os grandes clientes de terra, um banco do Banco Bradesco focava em atender as classes mais baixas como imigrantes, lavradores, pequenos comerciantes e funcionários públicos.

Foi um banco inovador que lançou linhas de cheque e instruiu os únicos gerentes para atender ao público. Com uma expansão do banco, uma instituição abriu mais 7 agências do Banco Bradesco no Paraná, mudando para São Paulo no ano de 1957.

Com seu atendimento diferenciado e seu objetivo de democratização, em menos de 10 anos na agência O Banco Bradesco tornou-se a maior instituição bancária do Brasil.

Dígitos da agência Banco Bradesco

O dígito da agência Banco Bradesco encontra ao lado do código do banco. Por exemplo, o Banco Bradesco possui o código 237, então o dígito da agência irá vir depois: 2372

O código da agência é composto por 5 números, sendo os 4 primeiros ou o código da agência e o último, o dígito verificador. Ex: 6627-1

A Conta corrente é composta por no máximo 7 números e também possui dígito verificador. Ex: 46571-6

Códigos da agência Banco Bradesco

Como informado nos títulos acima, o código do Banco Bradesco é 237. Contudo, esse banco possui algumas instituições secundárias. Confira os códigos existentes:

  • Banco Bradesco SA – 237
  • Banco Bradesco Cartões SA – 204
  • Banco Bradesco Financiamentos SA – 394
  • Banco Bradesco BBI SA – 036

Para evitar erros comuns na hora de preencher os dados para transferência, fique sempre atento aos principais dados exigidos:

  • Nome completo do beneficiário
  • CPF ou CNPJ do beneficiário
  • Código do banco destino
  • Número de conta e agência do beneficiário

Depois de conferir se todos os dados estão preenchidos corretamente, então é seguro concluir a transação. Caso algum dado esteja errado, o valor transferido será devolvido para uma conta do emissor.

Leia também: Quais os melhores bancos do Brasil?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *