Cancer de mama - conheça os sintomas do câncer de mama

Câncer de mama: como identificar os sintomas?

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização do câncer de mama e que pode ajudar a reconhecer os sintomas em seu estágio inicial. O sintoma mais comum do cancro de mama é a presença de um nódulo indolor, que pode ser identificado por autoexame e por um mastologista.

Cancer de mama - conheça os sintomas do câncer de mama

Qualquer pessoa pode ter a doença, pois trata-se de um crescimento anormal das células mamárias causado por alterações genéticas. Entretanto, há aqueles que estão mais propensos devido ao grupo de risco. São eles:

  • idade a partir dos 40 anos;
  • menstruação precoce;
  • menopausa tardia;
  • histórico familiar;
  • ausência de gravidez;
  • reposição hormonal;
  • obesidade;
  • sedentarismo;
  • lesões.

Para identificar os sintomas do câncer de mama e começar a se cuidar desde agora, continue a leitura em nosso artigo.

 

  • Sintomas do câncer de mama

 

O tumor que atinge a mama costuma ser assintomático, ou seja, sem sintomas aparentes. No entanto, alguns sinais podem indicar alterações mamárias e se tornarem preocupantes com o avançar do tempo.

Os primeiros sintomas do câncer de mama são:

  • pequeno nódulo endurecido;
  • irritação, inchaço ou redução de uma parte da mama;
  • edema (inchaço) ou eritema (vermelhidão) na pele;
  • secreção sanguinolenta ou não dos ductos mamários;
  • dores, coceira ou calor na mama;
  • inversão do mamilo;
  • formato e tamanho alterados da mama;
  • enrugamento da pele.

Vermelhidão, dores e calor prolongados são comuns quando ocorre a inflamação, e podem ser indicativos de um câncer mamário. Caso surja nódulos nas axilas, significa que o tumor está avançado, pois escapou dos gânglios linfáticos.

 

  • Tipos de câncer de mama

 

O câncer de mama pode ser considerado invasivo ou não, e ser uma combinação de alguns tipos de tumores mamários. Conheça os tipos mais comuns do cancro de mama:

 

  • Carcinoma ductal in situ (carcinoma intraductal)

 

É o tipo não invasivo ou pré invasivo, com chances maiores de cura. Corresponde a 20% dos casos de câncer de mama.

  • Carcinoma invasivo sem outras especificações

Esse é o antigo carcinoma ductal invasivo e que inicia em um ducto mamário. É o tipo mais comum de cânceres de mama, afetando cerca de 70% das mulheres.

  • Carcinoma lobular invasivo

De difícil diagnóstico, o carcinoma lobular invasivo inicia nos lóbulos (glândulas produtoras de leite), sendo responsável por 10% dos cânceres mamários.

 

  • Tipos menos comuns

 

Os tipos raros de câncer de mama são:

  • Doença de Paget – Representa 1% dos casos de tumor, começando nos ductos mamários e disseminando para o mamilo e aréola.
  • Câncer de Mama Inflamatório – Um tipo menos comum, representando cerca de 1% a 3% dos tumores na mama.
  • Tumor Filodes – Diferente de outros carcinomas, o tumor filodes se desenvolve no tecido conjuntivo (estroma), mas também é muito raro.
  • Angiosarcoma – É um tipo raro de câncer que pode acometer ou não a mama. Geralmente, atinge as células que revestem os vasos sanguíneos e linfáticos.

Dependendo do estágio da doença e da idade do paciente, o médico pode indicar diferentes tratamentos, incluindo cirurgia, quimioterapia, radioterapia e outras terapias que visam inibir a ação dos hormônios no crescimento de células cancerígenas.

Quanto mais cedo o câncer de mama for descoberto, mais chances o paciente tem de se curar. Para isso, faça sempre o autoexame e nunca deixe de fazer visitas periódicas ao seu médico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *